Todas as Notícias
Portuguese English French Spanish

 Clique aqui para ver notícias anteriores a 2013!

Notícias

Notícias

Sub-categorias

VI Forrozão da Ueap

VI Forrozão da Ueap (0)

Vai ter São João na Ueap esse ano? VAI SIM, SENHOR!

Sábado, dia 04 de julho, a partir das 19h no campus I, vamos pular fogueira no VI Forrozão da Ueap, organizado pela Proext e pelo DCE em parceria com os Centros Acadêmicos.

Venha formar com a gente o nosso trem da alegria! Vai ter comida típica, quadrilhas juninas, correio do amor, barraca do beijo, concurso de casal caipira e apresentação de bandas para animar a festa.

Ver itens ...

Estão abertas,desde 20 de julho até 21 de setembrodeste ano, as inscrições para o Programa de Pós-Graduação de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (PPG-Bionorte), da Rede Bionorte.

O edital do programa disponibilizou 02 vagas por orientador, e como a Ueap possui três professores vinculados à Rede Bionorte credenciados a orientar teses de doutoramento, logo são 06 as vagas possíveis de serem ocupadas por acadêmicos da instituição. Os docentes aptos a orientar teses para este programa do PPG-Bionorte são: Dr. Tiago Marcolino, do colegiado de Engenharia Química Dr. Breno Marques da Silva e Silva e Drª. Lina Bufalino, do colegiado de Engenharia Florestal.

SOBRE A BIONORTE- A Rede Bionorte congrega instituições da Amazônia Legal com o intuito de acelerar a formação de recursos humanos com foco na biodiversidade e biotecnologia, visando aprimorar a qualidade dos pesquisadores locais e estimular conhecimentos, processos e produtos que contribuam para o desenvolvimento sustentável.

O PPG-Bionorte está baseado no tripé biodiversidade, conservação e biotecnologia. Neste programa, na área de biodiversidade e conservação será ofertado doutoramento nas linhas deConhecimento da BiodiversidadeeConservação e Uso Sustentável da Biodiversidade. E na área da biotecnologia, a linha de pesquisa emBioprospecção e Desenvolvimento de Bioprocessos e Bioprodutos.

Para maiores informações sobre o PPG-Bionorte e inscrições, acesse o edital no link:

http://www.brasil.gov.br/ciencia-e-tecnologia/2014/10/rede-bionorte-oferece-doutorado-em-biodiversidade-e-biotecnologia.

A partir desta segunda-feira (27) até o próximo dia 4 de agosto, estarão abertas na Proext as inscrições de atletas acadêmicos para a disputa do VI Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).     A etapa regional dos jogos ocorrerá entre 14 e 23 de agosto.

A Federação Acadêmica de Desporto do Amapá (FADAP) disponibilizou vagas para o Futsal (masculino), Natação, Judô, Xadrez e Tênis de Mesa. São requisitos para inscrição: estar regularmente matriculado e ter entre 18 e 24 anos de idade (nascidos entre 1991 a 1997). Para as modalidades Futsal Masculino, natação e judô estão liberadas as inscrições de até 02 atletas fora do limite de idade.

FUTSAL - A equipe de Esporte e Lazer da Proext vai realizar no próximo dia 05 de agosto, quarta-feira, a seletiva interna para escolher os atletas que irão compor a equipe da Ueap na etapa regional do JUBs.

Por ocasião do Festival de Música do Amapá, que ocorre em Macapá desde o último domingo, a Universidade do Estado do Amapá (Ueap) foi reservada nesta terça, 7, para uma tarde inteira dedicada ao canto popular e ao madrigal, gênero musical profano que surgiu na Renascença. A partir das 20h, após as oficinas, os músicos participantes se apresentam para o público na universidade.

Para ministrar a oficina, o festival designou o cantor lírico paraense Milton Monte, que fundou o projeto "Madrigal da Uepa", na Universidade Estadual do Pará.Monte também criou o Núcleo de Música Antiga e coordenou o projeto Música e Cultura no Museu de Arte Sacra, onde atualmente coordena o projeto de Extensão “Estúdio Ópera Pará-Amazônia”, com o qual já encenou óperas consagradas como Don Pasquale (Donizetti), A ocasião faz o ladrão (Rossini), Dido e Enéias (Purcell) e Orfeu (Monteverdi).

Marcos Ribeiro, coordenador do evento, explica que o festival é uma iniciativa que visa aprimorar os músicos amapaenses, mas também serve para "divulgar a música erudita e popular para o público", reforça.

APRESENTAÇÕES - O festival disponibilizou 600 vagas para as oficinas, distribuídas entre aulas de clarineta, flauta transversal, saxofone, trompa, trompete, trombone, tuba, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, regência de orquestra, coral e oficinas de canto popular. As aulas estão sendo realizadas no Centro de Convenções Azevedo Picanço, Centro de Educação Profissional Walkíria Lima, Centro Cultural Franco Amapaense, Museu Sacaca e na Ueap. À noite, após as oficinas, os participantes realizam apresentações abertas ao público, nos mesmos locais onde são realizadas as aulas.

O Festival encerra com um concerto realizado por todos os grupos formados durante o festival, no dia 11, às 20h, no Teatro das Bacabeiras.

Quinta, 02 Julho 2015 10:37

VI Forrozão da Ueap

Vai ter São João na Ueap esse ano? VAI SIM, SENHOR!

No próximo sábado, 04 de julho, a partir das 19h no campus I, vamos pular fogueira no VI Forrozão da Ueap, organizado pela Proext e pelo DCE em parceria com os Centros Acadêmicos.

Venha formar com a gente esse grande trem da alegria! Vai ter comida típica, quadrilhas juninas, correio do amor, barraca do beijo, concurso de casal caipira e apresentação de bandas para animar a festa.

A Universidade do Estado do Amapá – UEAP, por meio da Pró-Reitoria de Planejamento e Administração – PROPLAD, convida toda a comunidade acadêmica e a sociedade civil para participarem da ASSEMBLEIA GERAL DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO UEAP 2016-2019, que tem como objetivo a construção participativa das ações prioritárias desta Instituição de Ensino Superior para o quadriênio 2016-2019, a ser consolidado ao Plano Plurianual - PPA do Estado do Amapá.

DATA

HORA

PAUTA

02/07/2015 (QUINTA)

08:00h-12:00h

DEFINIÇÃO DAS PRIORIDADES

LOCAL: Auditório Central da UEAP, Campus 1 (Av. Presidente Vargas, 650, Centro, Macapá-AP).

Certos de sua participação e colaboração para construir a Universidade que queremos, contamos com sua presença e apoio na divulgação aos seus pares.

Atenciosamente,

Comissão Organizadora

Planejamento Estratégico UEAP 2016-2019

A Universidade do Estado do Amapá (Ueap), por meio da Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (Proplad), convida a comunidade acadêmica e a sociedade civil para participar da Assembleia Geral de Planejamento Estratégico da Ueap 2016-2019, que será realizada nesta quinta-feira (2), no Auditório Central da Ueap, no Campus 1, localizado na Avenida Presidente Vargas, 650, Centro, de Macapá a partir da 8 horas.

A reunião corresponde a conclusão dos trabalhos da equipe de planejamento, que começou em maio desse ano com os seminários setoriais. O primeiro foi o dos técnicos, seguido pelo dos professores, o dos alunos e o da sociedade civil.

"A Assembleia Geral será a responsável pela sistematização de todas as propostas apresentadas nos seminários setoriais, por isso, a importância da participação de todos, só assim, construiremos uma proposta concreta de ações  para Ueap com para os próximos quatro anos", afirmou o professor Rafael Matos, titular da Proplad.

A proposta aprovada na Assembleia será consolidada no Plano Plurianual(PPA) do Estado do Amapá como metas de ação da Universidade para o quadriênio 2016-2019.

A Universidade do Estado do Amapá, por meio da Pró-Reitoria de Graduação e da Coordenação Institucional do PARFOR, torna público o cancelamento do módulo letivo de julho 2015, para as turmas novas. O motivo do cancelamento é a não liberação de recursos por parte do Ministério da Educação-MEC, para o desenvolvimento do plano. Quanto às turmas em andamento os módulo de julho está garantido.

 A expectativa é que as aulas e demais atividades sejam normalizados na próxima etapa intensiva, que acontecerá em janeiro de 2016. Ressaltamos que esta é uma situação que não atinge somente a Universidade do Estado do Amapá e sim todas as instituições que participam do Programa.

Agradecemos a compreensão de todos e solicitamos que a situação seja comunicada a todos os nossos parceiros, principalmente, aqueles engajados no Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente – FEPAD/AP, parceiros que ajudam viabilizar o PARFOR no estado do Amapá.

Vitor Sousa Cunha Nery

Coordenador Geral do PARFOR-UEAP

Uma equipe de pesquisadores formada por representantes do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, da Universidade de Brasília (UNB) e da Universidade do Estado do Amapá (Ueap) descobriu duas novas espécies de pimenta do reino durante estudos de campo no estado do Espírito Santo-ES.

Piper seção Ottonia (Piper bicorne e Piper aghaense) são as duas novas espécies da família Piperaceae (família da "pimenta-do-reino) coletadas no ano passado.

O achado está sendo divulgado somente agora com  a publicação do artigo "Two new species of Piper section Ottonia (Piperaceae) from southeastern Brazil", na revista Neo Zelandesa Phytotaxa, uma publicação internacional que tem a missão de acelerar a publicação de taxonomia botânica.

De acordo com o professor Luciano Pereira, da Ueap, as espécies foram encontradas no ano passado e após os estudos foi observado que eram espécies nunca antes catalogadas, daí a importância do trabalho. "O artigo foi escrito no início do ano e aceito para publicação no mês de março desse ano, mas somente agora foi publicado. É sempre assim, há um lapso de tempo entre a descoberta e a divulgação científica do achado", esclareceu.

Sem querer adiantar novas descobertas, Luciano afirmou que o Amapá é um prato cheio para estudos botânicos . "Temos um grande potencial a ser explorado com pesquisas científicas no Amapá, por isso é importante nos qualificarmos para trazer para cá novas técnicas de análises e nos integrarmos com pesquisadores de centros de pesquisas mais avançados", finalizou.

A publicação é de autoria dos pesquisadores Micheline Carvalho-Silva; Elsie Franklin Guimarães; Luciano Araujo Pereira & Valderes Bento Sarnaglia Junior. Está disponível no link: http://www.mapress.com/phytotaxa/content/2015/f/p00212p299f.pdf

A Reitoria da Universidade do Estado do Amapá - Ueap reconhece a legitimidade do movimento de docentes e trabalhadores técnico-administrativos, tendo ciência que a greve foi decidida em assembleia geral e unificada realizada no último dia 2 de junho do corrente com representação das duas categorias.

A Reitoria compreende a importância e a urgência da defesa de uma universidade pública, gratuita, democrática, inclusiva e de qualidade.

 Assim, ciente e cuidadosa de suas obrigações e responsabilidades, a Reitoria mantém-se aberta ao diálogo com as categorias de nossa universidade, ao tempo que envida esforços, também em constante diálogo com o Governo do Estado, em defesa dos melhores interesses acadêmicos e institucionais de nossa universidade.

O reitor da Universidade do Estado do Amapá, Dr. Perseu da Silva Aparício, divulgou mensagem homenageando os 9 anos de criação da Ueap, completados nesta sexta-feira, 29 de maio. Confira:

 

"Nesta data importante da existência da Ueap, prestes a completar uma década de vida, quero registrar minha satisfação de poder atuar no destino de uma instituição que se tornou um marco na história da educação no Estado do Amapá.

A história da Ueap vem acompanhada de muitas lutas e conquistas. Por isso, vale repetir: é um motivo de enorme satisfação comemorar os 9 anos da Universidade do Estado. Essa satisfação, para mim, deve-se a vários motivos, o primeiro deles é o meu relacionamento com a Universidade, onde fiz amigos de longas datas, amizades formadas por um convívio pelo trabalho em bancas, palestras e aulas para quais fui convidado pessoalmente por colegas e docentes que foram meus alunos nos programas de iniciação científica.  Outro motivo é o excelente relacionamento com técnicos e funcionários que conheci nos últimos anos, depois que assumi minha posição na Reitoria. Não posso também deixar de mencionar o motivo mais amplo para o meu contentamento: o desenvolvimento da educação no Amapá, o funcionamento da Universidade como um todo, o fato da Universidade prosseguir no curso de seu desenvolvimento, a despeito de todas as crises internas que possam surgir.

O crescimento da Ueap ainda vem sendo programado e já está se realizando. Todas as atividades da nossa Universidade neste momento seguem se desenvolvendo no ensino, na pesquisa, na extensão, nos laboratórios, enfim, tudo segue num ritmo constante de crescimento.

A despeito de uma possível adversidade, a união de todos nós e a continuidade do trabalho em todas áreas tornará possível atravessarmos todas os obstáculos sem grandes atropelos. Mesmo se alguma crise sobrevier e ocupar o espaço normal das nossas atividades, nossa Universidade não se destruirá, ela vai permanecer, atuante, seguindo o rumo traçado, crescendo e cada vez mais viva. Não há como ser diferente, afinal esse é o destino que nosso trabalho dá a ela.

Esta é a marca da Universidade do Estado do Amapá, com ideais convergentes, às vezes antagônicos, mas é na luta e no debate de ideias que se constrói uma verdadeira Universidade. Seu corpo docente, no momento necessário, se une e a Ueap é preservada, servindo de exemplo para dizermos que, com esforço e união, o Estado do Amapá é um Estado viável.

Nesta mais recente fase da vida da Ueap, temos tido algumas dificuldades. A comunidade acadêmica acompanha tudo, participa, e enfrenta junto todo esse processo. Mas sabemos que nada dura para sempre. São contrariedades temporárias, comuns a uma instituição tão jovem, e havemos de encontrar as soluções. A administração da Ueap não tem poupado esforços para dialogar com toda sociedade no sentido de mostrar, fazer ver a importância da Instituição e a necessidade do Estado do Amapá dotar sua Universidade de melhores condições para que ela possa cumprir fielmente seus objetivos, que é ser um instrumento para o desenvolvimento social, científico, econômico, educacional, tornando-se efetivamente um fator de desenvolvimento para a Região Amazônica.

Assim, neste 29 de maio, quero parabenizar toda a comunidade universitária da Ueap – estudantes, professores, técnicos, e aqueles que dão suporte ao funcionamento da Ueap, mesmo não sendo do quadro efetivo, mas que junto com o pessoal terceirizado também desenvolve atividades aqui. Enfim, a todos aqueles que contribuem para o fortalecimento da Ueap, deixo meu agradecimento por sua tarefa cumprida e desejo o melhor ao nosso futuro, ao futuro da Ueap, por um tempo de muitas felicidades.”

Pagina 1 de 22

Sites Sugeridos

UEAP no facebook

Localização

Clique no mapa para ampliar e ver mais informações

Campus I:  Av. Presidente Vargas, nº 650 – Centro |CEP: 68.900-070 

Campus II: Avenida Procópio Rola, 1346 - Centro | CEP: 68.900-081

Núcleo Tecnológico: Rua General Rondon, 1207 - Centro | CEP: 68.900-082

 (96) 2101-0506  ueap@ueap.edu.br